Cora Coralina

"Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo o que for desnecessário. Ando cansada de bagagens pesadas… -Daqui para frente apenas o que couber no bolsa e no coração."

Autor desconhecido

‎”Para cada homem que só valoriza uma boa bunda, existe uma mulher que só se importa com o carro dele. Para cada homem que é pego traindo, existe uma mulher que também trai sem que ninguém sequer fique sabendo. Para cada homem que só quer azaração, existe uma mulher que trocaria tudo por um homem com o tanquinho bem definido. Para cada homem que usa camiseta regata no frio só pra mostrar
músculos, existe uma mulher que usa mini-saia só pra mostrar as pernas. Para cada homem que mente, existe uma mulher que mente muito melhor do que ele. Para cada homem machista que diz acreditar que mulher nasceu para lavar e passar, existe uma mulher com mente fechada que diz acreditar que nenhum homem nesse mundo presta. Para cada homem que deveria morrer com um tiro no peito, existe uma mulher que deveria morrer fuzilada. E sabe o porque de tudo isso? Porque o mundo está fudido, de cabeça para baixo! Até o que é considerado certo, muitas vezes é algo errado. Você acha que está faltando homens de verdade? Eu te digo que isso é fato. Mas também faltam mulheres de verdade. O fato é que nos dias de hoje, estão sobrando pessoas de mentira. Mas o que me consola, é que as poucas pessoas de verdade que restaram ainda são capazes de amar e de fazer esse planeta valer a pena.” 😉

Tati Bernardi

Eu nunca vou entender. Eu nunca vou saber porque a vida é assim. Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais.

Federico Moccia

O passado às vezes torna os travesseiros incômodos. Mas o que é o amor? Existe uma regra, uma forma, uma receita? Ou tudo é casual e você só deve esperar ter sorte (…) Um beijo. Não só um. Outro. E mais um ainda. Mãos se entrelaçam, olhos que buscam, encontram espaços e novos panoramas. Aquela vez. Momento único. Gostaria que não terminasse. Que deveria ser o início de tudo. Descobrirem-se vulneráveis e frágeis, curiosos e doces. Uma explosão (…) Talvez amar seja outra coisa. É sentir-se leve e livre. É saber que o coração dos outros não lhe é devido, não lhe pertence, não lhe cabe por contrato. A cada dia você deve merecê-lo. E dizê-lo. Dizer a ele. E compreender pelas respostas que talvez seja necessário mudar. É necessário ir embora para reencontrar o caminho.