Autor Desconhecido.

É incrivel como a vida da gente da tantas voltas. Nunca sabemos ao certo o rumo que se toma. Sonhamos com possibilidades, planejamos o futuro, lamentamos o passado e, nem sempre vivemos o presente. Passamos a vida inteira achando que sabemos tudo, e muitas vezes não sabemos nada. Vivemos para aprender. Só devemos estar sempre cientes de que tudo tem um motivo para acontecer, sempre que a vida nos deixa magoas devemos aprender a conhecer melhor. Nada é por acaso, tudo tem um motivo para acontecer. Imagine que um dia o mundo possa conviver com sentimentos puros, sem ninguem se machucar, que o coração possa se expressar total, e livremente, e ser sempre correspondido com a sinceridade, já que a vida nos da a chance de escolhermos o rumo.

Autor Desconhecido

Ainda me sinto tão sua. Talvez por um passado que teima em querer sempre continuar no presente, talvez pela forma como tudo acabou, talvez pelas vezes que você decide brincar-que-gosta-de-mim. Talvez. Mas o que não dá mais é pra viver pela metade, viver de suposições. Te amar mais ou menos e te odiar também. Te querer aqui, agora ou sentir náuseas só de imaginar aquele teu cheiro. Preciso começar a ser completa em tudo o que faço, preciso parar de achar defeito em todos os caras que olham para mim só porque ele não é você. Ser completa na vida. Chega de você sempre! Chega de ser sempre você! Vou deixar de procurar alguém pra te repor porque assim eu só ia lembrar mais ainda. Preciso aprender a ditar as regras do jogo, dá uma pausa nesse veneno que você injetou em mim e deixar de me sentir sempre culpada pelo nosso fim. É fim e pronto, de quem é a culpa já não importa mais! E seguir… Viajar, sair, curtir, beber, dançar… encontrar alguém, simplesmente alguém que me faça feliz, sem precisar ficar comparando. Dá vontade de gritar bem alto pra você me deixar em paz e sair da minha cabeça, dá vontade de parar de escrever isso aqui tudo e sair correndo pra viver, é isso, viver! Pôr em prática todo esses “auto conselhos” e pronto, ser feliz. Ah, se fosse fácil assim. É que sempre que penso em ser feliz, você me vem a cabeça.

Caio Fernando Abreu

Você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você
fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia,
roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir
todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes
e arrancar o telhado para que você crescesse livremente”


Autor Desconhecido

“Amigo é quem te dá um pedacinho de chão, quando é de terra firme que precisas, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta. Amigo é mais que um ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante. É aquele que entende teu desejo de voar, de sumir devagar… É o sol que seca tuas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais o teu sorriso. Amigo é aquele que te ouve ao telefone, mesmo quando a ligação é caótica, com o mesmo prazer e atenção que teria se estivesse olhando em teus olhos. Amigo é multimídia. Amigo é quem fala e ouve com o olhar, mesmo distante, em sintonia telepática. É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na tua íris. Amigo é aquele que diz eu te amo sem qualquer medo de má interpretação: amigo é quem te ama e pronto. É verdade e razão, sonho e sentimento. Amigo é para sempre, mesmo que o sempre não exista!”

Marilyn Monroe

“Eu acredito que tudo acontece por um motivo.
As pessoas mudam para que você consiga deixá-las para lá.
As coisas dão mal para você aprender a aprecia-las quando estão boas.
E às vezes, coisas boas se separam para que coisas melhores ainda se juntem.”

Autor Desconhecido

Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.

[C.F.A]

Ela o amava. Ele a amava também. E ainda, que essa coisa, o amor, fosse complicada demais para compreender e detalhar nas maneiras tortuosas como acontece, naquele momento em que acontecia dentro do sonho, era simples. Boa, fácil, assim era. Ela gostava de estar com ele, ele gostava de estar com ela. Isso era tudo.

Caio Fernando Abreu

[…] sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor, pois se eu me comovia vendo você, pois se eu acordava no meio da noite só pra ver você dormindo, meu Deus…como você me doía! De vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, bem no meio duma praça, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme…só olhando você, sem dizer nada só olhando e pensando: Meu Deus, mas como você me dói de vez em quando!

Arnaldo Jabor

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta. O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar. Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca. Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera. Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco. Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então? Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome. Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem amenor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo. Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara? Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor. É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucurapor computador e seu fettucine ao pesto é imbatível…

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor? Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó! Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.