Tati Bernardi

Hoje, depois desse tempo todo que passou, eu paro pra pensar e vejo, que realmente o problema devia ser eu, o problema devia ser: Eu dar amor demais pra você, e esquecer de mim. Cuidar demais de você, e ir me deixando de lado.

O verdadeiro problema, era o amor próprio que estava me faltando. O amor próprio, que eu deixei de lado, pra me dedicar inteiramente a você. Acho, que você nem imagina, quantos sábados eu passei em casa, sozinha, à noite, vendo as fotos que você postava, fazendo questão de mostrar que estava feliz, estava em outra. Você também deve não saber, até porque eu nunca te falei, o quanto isso me machucava. Sim, você leu certo, machucava. Passado! Hoje, não me atinge mais. Hoje, eu passo por você, e você é apenas mais uma pessoa no mundo.

E desde o dia que eu realmente te esqueci, levanto cedo, e agradeço a Deus, por ter tirado aquele tormento do meu coração! Que era você. Agradeço a Deus, por ter me dado o amor próprio que me faltava. E também sei, que um dia, você vai estar aí, nessa sua vidinha idealizada, pensando como faz falta ter alguém que goste realmente de você, pelo que você é, não pelo que você tem. Talvez, nesse momento você lembre de mim. Mas, pode ter a certeza, que a minha porta estará fechada, sua oportunidade simplesmente passou.

Anúncios

Autor Desconhecido

Hoje eu decidi mudar tudo em mim, não só em mim mas…Mudei tudo na minha casa, até mesmo a cor do meu quarto para não ter mais nenhuma lembrança tua, pois o meu quarto tinha a tua cor favorita: verde. Por algumas horas fui a garota mais feliz do mundo por ter me livrado de tudo que me lembra você. Decidi sair e aproveitar que eu que achei que tivesse construído mudando tudo ao meu redor, e fracasse

i. Notei uma insegurança assim que comecei a sorrir e depois recebi um telefonema que mudou totalmente minha vida, ou melhor, fez com que ela voltasse ao normal. Talvez daqui uns anos eu ainda me lembre de hoje , o dia em que eu tentei mudar tudo por fora achando que fazendo isso, eu poderia se “reconstruir” por dentro.”

Autor Desconhecido

Odeio criar ilusões sobre algo que no fundo eu sei que não vai acontecer tão cedo. É automático, não consigo evitar. É só uma “oportunidade” aparecer que a minha mente já cria milhares de situações e diálogos, momentos que serão inesquecíveis. E enquanto minha mente cria essas coisas, algo dentro de mim torce pra que isso aconteça. Mas bem lá no fundo, eu sei que não vai acontecer. Mas eu nego, eu

teimo. E isso só é pior pra mim depois, a única culpada em criar essas ilusões e depois me tocar que não vai acontecer e que foi só mais uma desilusão criada por eu mesma. E então vem a dor e as lágrimas. E eu me odeio por isso. Odeio esse meu lado que funciona automaticamente, esse lado que eu não consigo segurar. Eu só queria que pelo menos uma dessas ilusões pudesse virar uma coisa real. Mesmo sabendo que um dia vai acontecer (eu espero). Mas também sei que essas coisas não irão acontecer tão cedo. E dói mais ainda lembrar disso.

Amanda Telles

"Eu vou te esperar mesmo sem te dizer, mesmo sem ir atrás, mesmo sem jogar indiretas… e se um dia você vier… vai me encontrar de vestido de ‘chita’, de rabo de cavalo, sem maquiagem, mas com toda a felicidade do mundo porque eu sei que você me ver de todas as formas que um homem pode ver uma mulher e sei que vai me achar linda de qualquer maneira e que vai me querer com todas as minhas neuroses, loucuras e porquês. Se você realmente vier um dia, se eu realmente estiver certa, eu saberei que valeu a pena, que amores não se perdem, e se a gente deixa a vida levar é porque sabe que o amor é capaz de trazer de volta."