A.D

Eu entregaria minha vida nas tuas mãos novamente, sem nenhum receio. Eu entregaria quantas vidas tivesse. Seriam todas suas, sem restrições, sem conversas paralelas e pedidos perdidos. Eu seria tua com todas as regalias, com todas as graças e lágrimas. Eu usaria de todos os recursos para te prender aqui, faria todos os laços para te prender ao meu corpo, todos os lados, todos os traços. Inventaria motivos e criaria desculpas para ir atrás de você cada vez que quisesse ir ali na esquina. Daria uma, duas, três, mil voltas ao mundo, colocaria ele de cabeça pra baixo até que fosse possível entender o quanto você me atrai, o quanto você mexe com tudo aqui dentro. Te daria carta branca, carta vermelha, dados e confetes, qualquer tipo de coisa que me faça ficar mais presa, mais louca, mais bonita. Daria o segredo do cofre, quantas vezes fosse necessário, e nem precisaria devolver nada, isso não é um empréstimo. O que tem lá dentro, meu coração, já é seu. É tudo teu. Você me tem. Se eu tivesse outra vida, ela seria tua.

Advertisements

One thought on “A.D

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s