Voltaire

“(…)cem vezes quis matar-me mas ainda gostava da vida. Essa fraqueza ridícula talvez seja uma de nossas inclinações mais funestas: pois será que há algo mais tolo que querer carregar sem trégua um fardo que sempre poderíamos jogar no chão? sentir horror pelo seu ser e estar apegada a esse mesmo ser? enfim, acariciar a serpente que está nos devorando, até ela roer-nos o coração?”

Anúncios
Posted in Sem categoria | Tagged

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s