Biju-Mayá

Hoje eu acordei com uma vontade tão alucinada de me fechar pra tudo que me faz mal, me machuca. Cansei de ser a submissa, que sempre perdoa tudo, sempre aceita tudo, que deixa o orgulho de lado e continua insistindo em algo que já morreu há tempos – e só eu não vi. Cansei de chorar a toa, por pessoas que sinceramente não estão nem um pouco preocupados se o que falam me fere, e depois agem como se nada tivesse acontecido, ou pior, como se a culpa fosse inteiramente minha. Amar é bom, mas quando não se recebe nada em troca se torna destrutivo. E ainda mais amar alguém mais do que se pode, e se torna loucura quando esse amor está fora de qualquer noção de um relacionamento real. Não consigo mais ser a mesma com os outros, agora estou seca, tanto faz se querem falar comigo, ou se não veem a hora de estarem bem longe de mim, tanto faz, problema deles, não me afeta mais. Jurei pra mim que iria ser forte, e vou ser! Não chorar, não amar, não me entregar, não, nada mais, por ninguém. Ainda mais por quem não merece. Monstro? Não. Apenas mais uma pessoa que teve o coração dilacerado, arrancado. Agora meu peito é vazio, é tudo tão superficial. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s